África Subsaariana | Ciência

Primeiros testes de vacina contra a Malária avançam em três países africanos

Child receives MeAfricVac_Photo credit - PATH global health

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou que a primeira vacina mundial contra a malária vai ser introduzida no Gana, no Quénia e no Malawi a partir de 2018.

A vacina necessita de quatro doses, uma por mês durante três meses e uma quarta dose 18 meses depois.

Se os ensaios se têm mostrado promissores em ambientes laboratoriais, existem algumas dúvidas quanto à capacidade da vacina no “mundo real”. A OMS vai conduzir directamente estes projectos pilotos para analisar se um programa generalizado de vacinação contra a malária pode ser iniciado.

A organização estima que a vacina tem capacidade para salvar a vida a dezenas de milhares de pessoas em todo o continente africano.

Este programa piloto vai envolver mais de 750 mil crianças entre os cinco e os 17 meses. Nesta faixa etária, a vacina demonstrou nos testes ter capacidade para prevenir quatro em dez casos de malária.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo