Cultura | Exclusivo | Reportagem | Vida

Jovens centro-africanas executam ‘dança da maldição’ para expulsarem forças francesas do país

Imagens captadas na avenida Baganda, diante do Escritório Internacional das Nações Unidas na República Centro-africana (BINUCA), não muito longe do KM5, revelam a ira das jovens contra a presença das tropas francesas (força SANGARIS), no seu país.

A tradição centro-africana diz que quando uma mulher zangada se despe publicamente diante de uma pessoa esse gesto simboliza o seu desprezo e o ritual da dança lança a maldição sobre essa pessoa para toda a vida.

Este vídeo documenta uma marcha organizada por jovens cristãs e de diferentes etnias centro-africanas que ultrapassou o plano inicial de uma marcha pacífica em defesa dos direitos no seu país e acabou nesta ‘dança da maldição’.

As jovens reclamam a expulsão da força Sangaris da RCA porque, na sua opinião, estes militares nada fazem para protegerem a população civil contra os crimes dos grupos armados.

Steven Kogba Bleeding

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo