Ciência | Vida

Mundo produziu quase nove mil milhões toneladas plástico desde 1950

plastico-poluicao

De acordo com a revista Science Advances a indústria produziu 8,3 mil milhões de toneladas de plástico desde 1950, uma quantidade suficiente para colocar a ilha de Manhattan, em Nova Iorque, sob um manto de lixo com uma espessura superior a 3,2 quilómetros.

O estudo, publicado na quarta-feira, foi liderado por cientistas das universidades norte-americanas da Geórgia, da Califórnia e da organização oceanográfica Sea Education Association (SEA). Segundo os autores, a pesquisa faz “a primeira análise global da produção, uso e destino de todo o plástico já fabricado”.

A análise refere que das 8,3 mil milhões toneladas de plástico,  apenas 9% foi reciclado, 12% foi incinerado e 79% está acumulado em aterros ou poluindo o ambiente natural.

De acordo com o estudo, a produção de plástico acelerou nos últimos anos: metade da produção de 8,3 bilhões de toneladas ocorreu nos últimos 13 anos do período estudado, entre 2002 e 2015. Se a atual tendência continuar, aproximadamente 12 mil milhões de toneladas de plásticos vai amontoar-se em aterros e no ambiente em 2050.

Segundo o autor principal da pesquisa, Roland Geyer, o estudo tem o objetivo de criar os fundamentos para uma gestão sustentável de materiais. “Dito de forma simples, não é possível fazer a gestão do que não foi medido. Então, achamos que as discussões sobre políticas públicas ficarão mais informadas e baseadas em fatos agora que temos esses números”, disse Geyer.

Os autores do estudo ressalvaram que não têm a pretensão de remover o plástico do mercado, mas de incentivar um exame mais crítico do uso do material.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo