Ciência | Vida

Stephen Hawking teme que renúncia dos EUA ao acordo de Paris atire a Terra “para o abismo”

stephenhawking

“Estamos perto de um ponto em que o aquecimento global se pode tornar irreversível”, comentou o professor de Cambridge em entrevista à “BBC News” no passado domingo. “A decisão do presidente dos Estados Unidos pode deixar a Terra à beira de se tornar num planeta como Vénus, onde as temperaturas atingem dos 250 graus celsius e chove ácido sulfúrico”.

O acordo de Paris visa assegurar que o aumento da temperatura média global fique abaixo de 2°C acima dos níveis pré-industriais e prosseguir os esforços para limitar o aumento da temperatura até 1,5°C acima dos níveis pré-industriais.

O físico de 75 anos de idade mostrou-se também pessimista sobre a sobrevivência da raça humana na Terra. “Não há sinais de diminuição dos conflitos e o desenvolvimento de tecnologia militar e armas de destruição maciça pode tornar-se desastroso”. “A melhor esperança para sobrevivência da raça humana deve ser a criação de colónias independentes no espaço”, concluiu.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo