Angola

Direção da FNLA contestada

HARD_LUCAS-NGONDA-AMPE-ROGERIO-2

A direção da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) anunciou a suspensão do presidente do partido, Lucas Ngonda, por este estar a desviar-se das linhas políticas do partido.

Esta deliberação surge após o partido estar reunido com o Comité Central para começar a estudar a estratégia eleitoral com a escolha da lista de candidatos às próximas eleições gerais que se vão realizar.

Os contestatários da direção sugeriram o nome de Pedro Gomes para assumir interinamente a presidência do partido. Na mesma reunião sugeriram ainda para vice-presidente Nsansi Ndele Manuel e para secretário-geral interino Ndonga Nzinga.

Na reunião apresentaram também uma proposta de alargamento do comité central fazendo emendas estatutárias para uma criação de uma comissão preparatória para a realização de um congresso extraordinário inclusivo para os próximos dias 28, 29 e 30 de Abril. A ideia da realização do congresso servirá para reorganizar o partido para evitar que a existência do FNLA fique comprometida.

 

 

 

 

 

 

 

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo