Angola | Cabinda

FLEC/FAC afirma que Acordo de Luena não diz respeito a Cabinda

unpojeancladenzita
Jean Claude Nzita

“Isso é um assunto entre angolanos, que em nada nos diz respeito” refere a direção político-militar da Frente de Libertação do Estado de Cabinda – Forças Armadas de Cabinda (FLEC-FAC) através de um comunicado, fazendo alusão ao “15º aniversário da assinatura do acordo que levou a UNITA à rendição militar”.

Para a FLEC-FAC o acordo de Luena “entre UNITA e MPLA, não foram sobre Cabinda nem levaram à libertação do nosso território nem à mudança de posição do governo angolano”.

No mesmo documento, assinado pelo porta-voz Jean Claude Nzita, a FLEC-FAC apela “a todos os Cabindas, do interior e da diáspora, das cidades, das povoações e das matas, para se juntarem à resistência para intensificar a luta armada em todo o território de Cabinda contra a ocupação ilegítima por parte de Angola”.

Reafirmado que Cabinda “é um território em guerra”, a FLEC-FAC insiste que “o povo de Cabinda vai continuar a lutar pelos seus direitos fundamentais: autodeterminação e independência”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo