Angola

Presidenciais Angola: Aplicação “Zuela” permite aos cidadãos monitorizar o processo eleitoral

eleicoesAfrica

Foi lançada este domingo, 14 de maio, a aplicação “Zuela”, que em português significa “Fala”. O objetivo é permitir aos cidadãos angolanos monitorizar o processo eleitoral, tendo em conta o contexto político atual, mas a aplicação vai muito para além do processo eleitoral em curso, explica o filósofo e ativista Domingos da Cruz, em entrevista à RFI.

Segundo Domingos da Cruz, a aplicação pode servir para seguir todas as questões relacionadas com “direitos humanos, a política, a corrupção e segurança pública”, permitindo aos cidadãos expor as suas opiniões e ter um papel ativo na sociedade.

No fim da entrevista, Domingos da Cruz referiu que “à luz da ciência política e da filosofia política e direito não há democracia em Angola. O que nós temos é um quadro legal formal sobre um Estado democrático e de direito, mas sobre o ponto de vista daquilo que chamaríamos de exercício prático, Angola não é uma democracia”, e por isso, explicou, “nós vamos usar o aplicativo para sair de um regime autoritário para a democracia”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo