Cabinda | Segurança

Guerrilha anuncia a morte de nove soldados angolanos em Cabinda

FLECFACvEm854
Arquivo

Nove soldados angolanos morreram em Cabinda em confrontos com a Frente de Libertação do Estado de Cabinda (FLEC), anunciou a organização através de um comunicado do Chefe da Brigada de Maoimbe Sul, Tenente-general Alfonso Nzau.

Segundo a FLEC, quatro militares das Forças Armadas Angolanas (FAA) morreram a 1 de maio em confrontos com a guerrilha “na área de Mbongozi-Muno, a 15 quilómetros, nas matas na região de Buco-Zau”, refere o documento que precisa que cinco guerrilheiros foram mortos durante a ação.

O Tenente-general Alfonso Nzau avança também que a FLEC atacou a 2 de maio, na zona sul da região de Necuto, uma patrulha das FAA “que se preparava para surpreender uma posição de combatentes das FAC (Forças Armadas de Cabinda)”. Na operação cinco soldados angolanos morreram e outros ficaram feridos, refere o mesmo comunicado.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo