Cabo Verde

Cancelado concurso do antigo Governo para subconcessão dos principais portos de Cabo Verde

Bandeira de Cabo Verde, cidade da Praia, 04 de dezembro de 2012. ANTONIO COTRIM/LUSA

O atual Governo de Cabo Verde tomou a decisão de cancelar o concurso internacional da subconcessão dos principais portos de Cabo Verde. Segundo um comunicado oficial, o atual Governo avança com esta decisão, pois “concluiu que o modelo de subconcessão, anteriormente adotado para a exploração dos principais portos de Cabo Verde, não responde às exigências da nova visão e da estratégia definidas para o setor”.

O concurso internacional para a subconcessão dos principais portos de Cabo Verde tinha sido lançado a 15 de julho de 2015, dividindo-os em dois blocos, sendo o primeiro composto pelos portos da Praia e do Mindelo e o segundo pelos de Palmeira e Sal-Rei, Sal e Boa Vista, respetivamente.

O Grupo Bolloré foi a única empresa a submeter uma proposta técnica e financeira para a subconcessão do primeiro bloco que inclui os portos da Praia e Mindelo, não tendo sido apresentada nenhuma proposta para o bloco que incluía os portos do Sal e da Boa Vista.

Assim, justifica-se uma vez mais a decisão do atual Governo, pelo facto de estar “empenhado em imprimir eficácia e competitividade ao sistema nacional de portos, o que recomenda a negociação de fórmulas de cooperação com o sector privado, desde logo com as empresas que possuem know-howrelevante em matéria de logística portuária, capacidade de investimento e network necessários que permitam assegurar que os portos de Cabo Verde assumam uma posição efetivamente estratégica ao nível do Atlântico médio”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo