Cabo Verde

Grupo Icelandair assina contrato de gestão da companhia aérea de Cabo Verde TACV

MEE Icelander-min
Ministro da Economia e Emprego - José Gonçalves

O grupo islandês Loftleidir Icelandic, da Icelandair, vai assumir a partir da próxima segunda-feira, a gestão da companhia aérea cabo-verdiana TACV. O contrato de Gestão foi assinado esta quinta-feira, na cidade da Praia e contou com a presença dos ministros cabo-verdianos das Finanças, Olavo Correia, e da Economia e Emprego, José Gonçalves. O ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, informou que o Governo entrará com 100 mil euros no primeiro mês e 75 mil euros por mês, durante o período em que a Icelandair vai gerir a empresa, o que dá um total de 925 mil euros.

Durante a cerimónia, o ministro José Gonçalves, referiu que a decisão é uma “forma responsável” de reverter “um ciclo continuado e persistente de quase insolvência da empresa para salvar a companhia de bandeira com soluções criativas e sustentáveis que não implicariam a constante transfusão do tesouro público para sustentar a TACV”. Segundo o ministro, o acordo assinado “para além de prever mudanças substanciais no modelo de gestão da TACV Cabo Verde Airlines, tem por base um plano de transformar Cabo Verde num hub de operações aéreas no Atlântico-médio”.

Relembrou ainda que nos meses passados foram dados outros passos fundamentais, tais como a transferência dos voos domésticos para a Binter Cabo Verde. Desde 1 de agosto, as ligações interilhas passaram a ser feitas com 3 aeronaves ATR’s, garantindo maior pontualidade e melhor qualidade de serviços prestados.

José Gonçalves acrescentou que esta é “uma medida fundamental para o sucesso da reestruturação da nossa companhia de bandeira, TACV Cabo Verde Airlines, e o seu posicionamento como peça central na criação do negócio de hub aéreo em Cabo Verde”. E sublinhou “fomos criteriosos e fomos buscar o melhor parceiro possível, internacionalmente reconhecido pelo seu know-how e pela experiência comprovada no negócio de hub aéreo com sucesso, utilizando as mesmas potencialidades de vantagens geoestratégicas do país. Estamos confiantes que com a forte parceria do Grupo Icelandair, liderado pela sua companhia ponta de lança nos negócios internacionais”.

Por fim, o ministro disse acreditar que  “a Loftleidir Icelandic, TACV e Cabo Verde, têm hoje reunidas as condições básicas para dar corpo a um novo modelo de negócio que se pretende bem sucedido nos moldes do que tem feito pelo Grupo Icelandair na Islândia”, país com quem o país mantém relações de cooperação de longa data.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo