Cabo Verde

Ministro do Desporto considera necessário “formar gestores desportivos” para aumentar competitividade

fernando_freire
ministro do Desporto de Cabo Verde- Fernando Elísio Freire

O ministro do Desporto de Cabo Verde, Fernando Elísio Freire, considerou que é necessário “formar gestores desportivos”, para tornar Cabo Verde um país competitivo na área do desporto, que o ministro reiterou não se tratar de uma “atividade de intervalo”, mas sim um “setor de atividade económica com potencial de negócios”.

As declarações foram feitas durante a abertura do Curso de Gestão das Organizações Desportivas, promovido pelo Comité Olímpico Cabo-verdianos e a Universidade de Cabo Verde, através da Escola de Negócios e Governação.

Um programa de formação executiva de curta duração, que visa proporcionar uma visão completa e integrada das empresas e instituições desportivas, alavancado competências para o desenvolvimento de uma gestão estratégica das organizações de forma mais eficiente e eficaz.

Para Fernando Elísio Freire, o “talento, esforço, superação e resultados” definem um bom gestor desportivo e reforçou que em Cabo Verde, o desporto é uma atividade económica que “move milhões” e recebe práticas desportivas como a pesca desportivas, o kitesurf ou o windsurf.

O objetivo, segundo o ministro, é aliar o turismo balnear e de férias com as atividades desportivas e frisou que “Cabo Verde é um país jovem, com uma juventude e população predisposta às atividades desportivas” e lembrou o grande desafio que serão os Jogos Africanos de Praia, em 2019.

O Curso de Gestão das Organizações Desportivas, acontece de 15 a 25 de maio e é dirigido aos dirigentes envolvidos em Federações, técnicas de desporto, empreendedorismo, gestores de topo e intermédios com necessidade de compreensão da globalidade da organização desportiva, refere o portal do Governo.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo