Guiné-Bissau

Adiada marcha de reinvindicação de profissionais de saúde da Guiné-Bissau

guine bissau

A marcha que estava agendada para esta quinta-feira, pelo coletivo dos profissionais de saúde, foi adiada depois de uma reunião com o Ministro da Função Pública. O grupo reivindica salários em atraso há quase um ano, a mais de 300 profissionais de saúde recém-colocados.

Em declarações à “Radio Sol Mansi”, o porta-voz do coletivo, Marcos Teixeira, explicou que a marcha foi adiada pois o ministro “reconheceu as suas falhas” e a situação vai começar a ser resolvida.

Marcos Teixeira acrescentou: “agora vamos para o Ministério da Saúde e pegar toda a lista dos nomes dos colegas colocados em todo o território nacional no ano 2015”. E garantiu, “vamos voltar em dois dias para entregar estes nomes na secretaria da função pública, no sentido de viabilizar os pagamentos dos atrasados”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo