Crise | Guiné-Bissau

Grupo P5 preocupado com derrapagens verbais dos atores políticos guineenses

GB_Bissau07

O grupo P5 esteve reunido esta quarta-feira com o Presidente da República. A União Africana, CEDEAO, as Nações Unidas, a União Europeia e a CPLP, que constituem o P5, abordaram com o Presidente José Mário Vaz, a questão ligada ao cumprimento do acordo de Conacri e recentes declarações politicas que agitou a paisagem política nas últimas semanas.

À saída do encontro com o Presidente da República, Ouvídio Pequeno, representante da União Africana na Guiné-Bissau, que falou em nome do P5 disse que “A nossa preocupação tem a ver com as últimas declarações que têm sido feitas de um lado e do outro e que nos preocupa particularmente, porque é preciso que haja a paz social e estabilidade. Compreendemos a situação que o país vive, mas não podemos tolerar declarações que possam degenerar em violência”, referiu o representante da União Africana.

Sobre o acordo de Conacri, o P5 informou ao Chefe de Estado, que em breve deverá chegar a Bissau uma missão ministerial de alto nível.

Num comunicado conjunto o P5 reafirma a preocupação com as “acusações e contra acusações mútuas” dos atores políticos guineenses assim como as recentes declarações de “eminentes personalidades políticas membros da Assembleia Nacional popular ou do Governo”.

Apelando à moderação verbal, o P5 insiste no respeito dos compromissos patentes nos Acordos de Bissau e Conacri.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo