Guiné-Bissau

Misterioso desaparecimento do Diretor da Investigação Criminal do Ministério do Interior da Guiné-Bissau

BissauGLOBAL0823754

O Diretor do Departamento de Informação Policial e Investigação Criminal (DIPIC) do Ministério do Interior, Nunes Mendes, esteve desaparecido desde 29 de junho, sem deixar qualquer rasto do seu paradeiro. O assunto foi acompanhado pelo titular da pasta do ministério do Interior, Botche Cande.

O desaparecimento do diretor do DIPIC foi revelado à e-Global por uma fonte do gabinete do Ministro do Estado e do Interior Botche Candé, e só no início desta semana as autoridades policiais deram conta da ausência de Nunes Mendes do seu posto de serviço e da sua residência.

De acordo com a fonte no Ministério do Interior, Nunes Mendes terá recebido uma chamada pelo telemóvel na noite do dia 29 de junho, tendo alegado aos seus familiares que precisava de se apresentar imediatamente no serviço, o que não se verificou.

Dias depois, os familiares e próximos foram interpelados sobre a não comparência de Mendes no serviço, sem que no entanto pudessem esclarecer sobre o paradeiro do Diretor do DIPIC, em Bissau ou no interior do país.

Segundo o funcionário do Ministério do Interior o desaparecimento de Nunes Mendes deixou os responsáveis do ministério do Interior “em pânico”, temendo pela “segurança física” do Diretor do DIPIC.

Entretanto a e-Global pode confirmar que Nunes Mendes terá regressado a 3 de julho à sua residência no Bairro Militar em Bissau, apenas com alguns sinais de picadas de mosquitos e “aparentemente inconsciente”, sem que ficasse esclarecido as razões do desaparecimento.

Até esta terça-feira, 4 de julho 2017, este responsável ainda não se tinha apresentado ao serviço.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo