Crise | Guiné-Bissau

Movimento da Sociedade Civil pede aos militantes dos partidos para não ocuparem instituições e sedes partidárias

guinebissau
Arquivo

O Movimento Nacional da Sociedade Civil para a Paz, Democracia e Desenvolvimento exorta aos signatários de acordos de Bissau e de Conacri a enveredarem-se num diálogo franco e sincero, de forma a permitir o cumprimento integral dos referidos acordos.

Em comunicado de 14 de março, o Movimento manifesta a sua preocupação face às sucessivas declarações de alguns atores políticos, exortando, por isso, a maior contenção e respeito da Constituição da República e demais leis do país, de forma a preservar um clima de tranquilidade e paz.

Por outro lado, o Movimento Nacional da Sociedade Civil para a Paz, Democracia e Desenvolvimento apela aos manifestantes, militantes e simpatizantes dos partidos políticos a privilegiarem o diálogo e respeito às normas estabelecidas nas disputas políticas, evitando qualquer ato de violência como ocupação das instituições da República e sedes partidárias.

No mesmo documento, felicita e apela às forças de Defesa e Segurança para continuarem equidistantes das disputas políticas e não permitirem que sejam incitadas a atuarem contra os ditames do Estado do Direito e violações dos direitos fundamentais dos cidadãos.

O Movimento apela aos órgãos da comunicação social a atuarem com imparcialidade e isenção, dando iguais oportunidades a todas as sensibilidades políticas do país e atores da sociedade.

Por fim, o Movimento solicita a comunidade internacional que se mantenha ao lado da população, continuando a sua ajuda na prestação dos apoios e a manutenção de segurança e, consequentemente, continuar a ser um elemento de interposição.

Tiago Seide

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo