Guiné-Bissau | Segurança

Polícia Judiciária deteve italiano e nigeriano com passaportes diplomáticos da Guiné-Bissau

PoliciaJudiciaria

A Polícia Judiciária (PJ) guineense deteve um italiano e um nigeriano com passaportes diplomáticos da Guiné-Bissau anunciou esta quarta-feira, 2 de Agosto, em conferência de imprensa, o Director Nacional da Polícia Judiciária, Bacari Biai, que sublinhou ser “inaceitável e intolerável” o que se passa no país, com a concessão de passaportes de serviço a estrangeiros.

O responsável da Polícia Judiciária exortou aos guineenses que possuam passaportes de serviços e Diplomáticos da Guiné-Bissau a entregar estes documentos.

Dentre as operações desencadeadas pela PJ, Bacari Biai adiantou ainda que foram detidos sete suspeitos de prática de crime de peculato e de subfacturação de medicamentos na farmácia do Hospital Nacional Simão Mendes, adiantando que, neste momento, encontra-se detido, um suposto funcionário do Ministério da Justiça que emitia vários documentos, nomeadamente certidões, registos e cópias de livros, sem o conhecimento dos responsáveis pelo Departamento do Registo Civil no país.

“Neste momento, os suspeitos foram entregues ao Ministério Público para efeito de continuação de investigação” disse Bacari Biai.

Tiago Seide

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo