Guiné-Bissau | Segurança

Proibida manifestação em Bissau porque “Serviços de Viação” não foram informados

GuineBissauMovimento

A manifestação convocada pelo Movimento de Cidadãos Conscientes e Inconformados (MCCI), para este sábado, 15 de julho, foi impedida pelas forças policiais que alegaram que os Serviços de Viação e Transportes Terrestres não tinham conhecimento da marcha.

Uma versão negada pelos membros do Movimento cívico, que têm exigido a renúncia do Presidente da Republica, José Mário Vaz, a quem apontam ser o principal responsável da atual crise política na Guiné-Bissau.

Para os “Cidadãos Conscientes e Inconformados” o pretexto do Ministério do Interior não tem qualquer enquadramento legal, por isso, “jamais” vão comunicar aos Serviços de Viação sobre as suas manifestações cívicas.

O Movimento de Cidadãos Conscientes e Inconformados tem sido alvo de fortes pressões das autoridades policiais, que têm impedido as suas manifestações. Na semana passada, uma manifestação semelhante foi impedida pelas forças de ordem, tendo polícias “fortemente armados” travado uma das manifestações do Movimento.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo