Guiné-Bissau

União Europeia anuncia início da assistência da Guardia Civil espanhola à Guiné-Bissau

guardia civil

No início de abril, a União Europeia doou dois patrulheiros à Guarda Nacional guineense, através da Guardia Civil espanhola, no âmbito do projeto “Blue Sahel”, financiado pelas duas instituições até 2019. Nos próximos meses, a equipa da Guardia Civil espanhola em Bissau inicia a assistência à Brigada Costeira guineense para capacitar e acompanhar as operações com estes patrulheiros.

O projeto visa “fortalecer nos países localizados ao longo da rota de África Ocidental (Mauritânia, Senegal, Mali, Gâmbia, Guiné-Bissau e Guiné-Conacri) a capacidade para a luta conjunta contra a criminalidade transnacional e facilitar a cooperação entre os organismos de controlo fronteiriço e de migração dos países, bem como a proteção dos direitos dos migrantes”, explica o comunicado de imprensa da Delegação da União Europeia na Guiné-Bissau.

No momento da entrega dos patrulheiros, o Tenente General Laurentino Seña Coro, da Guarda Civil espanhola, reforçou que “hoje em dia as sociedades enfrentam riscos e ameaças transnacionais que requerem cooperação internacional e confiança mútua entre as instituições responsáveis pela segurança”, refere o mesmo comunicado.

As águas da África Ocidental são cada vez mais uma zona de tráfico ilegal de armas, drogas e seres humanos, constituindo uma ameaça para a segurança e a estabilidade da região.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo