Moçambique

Moçambique aperta o cerco a ilegais na exploração mineira

13493_artigo_transferir

Na operação que foi montada pela Polícia de Proteção de Recursos Naturais e Meio Ambiente, lançada no inicio do mês de Fevereiro, de combate à extração ilegal, foram identificadas cerca de três mil pessoas ilegais no garimpo, metade dos quais estrangeiros.

A operação teve início no dia 09 de Fevereiro na província de Cabo Delgado, segundo declarações do chefe da Policia de Proteção de Recursos Naturais e Meio Ambiente, Abdul Charruo.

Das pessoas identificadas, mais de 1.500 foram reencaminhadas para a Tanzânia. O responsável pela operação adverte ainda que quem estiver em situação ilegal deve abandonar a zona. Os que pretendem manter a atividade devem solicitar junto das autoridades locais as respetivas licenças necessárias.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo