São Tomé e Príncipe

China disponibiliza 146 milhões de dólares a São Tomé e Príncipe e perdoa dívida

patrice trovoada 2
Primeiro-ministro são-tomense Patrice Trovoada e Presidente chinês Xi Jinping

A China vai disponibilizar 146 milhões de dólares a São Tomé e Príncipe e perdoar uma dívida de 28 milhões por parte do arquipélago, declarou esta terça-feira o primeiro-ministro Patrice Trovoada e dá conta a Agência noticiosa de São Tomé e Príncipe (STP-Press).

Os 146 milhões de dólares destinam-se a projetos de infraestruturas, como por exemplo a modernização do aeroporto internacional de São Tomé e a construção de um porto de águas profundas. O governo chinês vai também prestar apoio na vertente social, através da criação de 200 estágios de capacitação anuais para profissionais são-tomenses e 60 bolsas de estudos para estudantes do arquipélago na China, refere o mesmo órgão de comunicação.

A cooperação bilateral envolve diversos setores como o turismo, setor da energia, de rendimento no meio rural, combate à malária, economia, ciência, cultura, saúde.

Para além do apoio financeiro, o ministro revelou que a China decidiu ainda saldar a dívida de São Tomé e Príncipe, de 28 milhões de dólares.

Este apoio advém do acordo de cooperação entre os dois países, reforçados pela visita do primeiro-ministro são-tomense à China em meados de abril.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo