São Tomé e Príncipe

Presidente são-tomense quer reestruturação da Polícia Nacional

evaristodecarvalho

O Presidente de São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho, quer uma reestruturação da Polícia Nacional através da formação de quadros, reforço da cooperação internacional, uso de equipamentos modernos e novas técnicas de intervenção com vista aos crescentes desafios do mundo moderno e da globalização.

Evaristo Carvalho, que discursava na manhã deste domingo durante o ato central dos festejos 42º aniversário da institucionalização da Polícia Nacional, numa cerimónia que foi marcada pelo ato de juramento de bandeira de 109 novos agentes policiais.

Para Evaristo Carvalho, “a Polícia Nacional deve sempre ajustar-se às exigências de cada momento, reestruturando-se, formando quadros, aperfeiçoando as técnicas e modo de intervenção, equipando-se de meios mais modernos e eficazes, reestruturando e integrando no seu seio novos agentes com o firme propósito de fazer face aos crescentes desafios que mundo, moderno e a globalização se nos colocam cada dia com maior acuidade”.

Carvalho disse ainda que “é preciso reforçar a cooperação internacional, neste domínio e tirar todas as vantagens que dela possam advir e para todas as partes envolvidas”.

Para o Presidente da República, São Tomé e Príncipe está inserido numa sociedade global que globalizou igualmente os crimes e as ameaças que chegam hoje a todos os quadrantes do mundo.

O Presidente da República reconheceu o empenhamento do Governo no combate eficaz contra a criminalidade e no reforço da manutenção da ordem pública assim como na garantia da segurança de pessoas e bens.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo