São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe regista novos casos de doença desconhecida

ULCERA DE BURULI1

O último balanço dos serviços de saúde de São Tomé e Príncipe (STP) apontam para quase 2 mil casos confirmados da doença chamada pelas autoridades de saúde de “Celulite Necrotizante”. O plano de ação que está montado envolve órgãos diversos, entre eles órgãos do governo e a OMS que estão a encetar todos os esforços na tentativa de encontrar as causas das infeções.

Só na semana passada nos hospitais do país foram registados mais 42 novos casos. Desde outubro do ano passado que o número de pessoas infetadas não pára de aumentar, tendo-se registado no ultimo mês uma baixa significativa de pessoas infectadas.

A diretora dos cuidados de saúde de São-tomense Maria Tomé Palmer declarou que a causa da doença em concreto ainda não foi encontrada, afirmando que foram enviados para análise mais de 50 amostras para vários laboratórios externos especializados nos Camarões, Benim, Portugal e Bélgica para tentarem descobrir o agente responsável da doença e da sua propagação.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo