Lusofonia | Notícias | Timor Leste

Ex- ministra timorense condenada afirma que Xanana sabia de tudo

emiliapires

A ex-vice Ministra da Saúde timorense, Madalena Hanjam, condenada a quatro anos de prisão efectiva por participação económica em negócio, afirmou à saída do tribunal de Dili que “cumpriu ordens” do então Primeiro Ministro Xanana Gusmão.

“O primeiro ministro tem de se responsabilizar, aprovou o orçamento e a execução, o ajuste directo, tudo foi aprovado pelo então primeiro ministro”, declarou a ex-ministra à imprensa à saída do tribunal.

A par da condenação de Madalena Hanjam, o Tribunal de Dili condenou também a ex-ministra das Finanças Emilia Pires a sete anos de prisão efectiva pelo mesmo crime de participação económica em negócio. O tribunal considerou provadas irregularidades em compras de centenas de camas hospitalares adjudicados à empresa do marido de Emilia Pires, num negócio de 800 mil dólares.

Madalena Hanjam já anunciou que irá recorrer da sentença, enquanto Emilia Pires, actualmente em Portugal a receber tratamentos médicos, ainda não se pronunciou.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo