África Subsaariana | América do Norte | Segurança

EUA autorizam a venda de aviões militares à Nigéria no valor de 505 milhões de euros

donald-trump

A administração do Trump aprovou uma venda de aviões e equipamentos militares de alta tecnologia à Nigéria no valor de 505 milhões de euros, numa altura em que organizações de defesa dos direitos humanos alertam para abusos das forças militares no país.

O Pentágono anunciou na quinta-feira que o Departamento de Estado aprovou a venda e notificou o Congresso de que tem 30 dias para conceder o visto ou bloquear o negócio.

A Agência de Cooperação de Segurança da Defesa dos EUA referiu que o equipamento deverá apoiar operações militares nigerianas contra o Boko Haram e terroristas do Estado Islâmico (ISIS) e controlar o tráfico de drogas, armas e de seres humanos.

“A Nigéria é um parceiro importante na luta contra o ISIS e seus afiliados em África. Esta venda faz parte do compromisso dos EUA em ajudar a Nigéria e os países da Bacia do Lago do Chade nessa luta”, anunciou a agência.

Nos últimos dias da sua administração, o ex-presidente Barack Obama suspendeu a venda de equipamento militar à Nigéria depois de um avião nigeriano ter bombardeado um campo de refugiados perto da fronteira com os Camarões, matando cerca de 230 civis que fugiam do Boko Haram.

Algumas semanas depois das diretrizes de Obama, o presidente Donald Trump telefonava ao presidente nigeriano Muhammadu Buhari, dizendo que apoiava a venda dos aviões militares para ajudar a luta contra o terrorismo na Nigéria.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo