África Subsaariana

Fórum da Juventude do Norte da Nigéria pede detenção de Nnamdi Kanu

Igbo-Day-celebration

A maior organização de juventudes no norte da Nigéria, o Fórum da Juventude Arewa, pediu nova detenção do líder dos Povos Indígenas do Biafra (PIB), Nnamdi Kanu, pelo que o Fórum descreve de provocadora tentativa de boicote das eleições estaduais de novembro no Estado de Anambra, que põe em causa a segurança da unidade nacional nigeriana. Acrescentam ainda que a desestabilização causada pelos povos indígenas do Biafra está a ameaçar a paz no país, uma vez que Nnamdi Kanu violou as condições da sua liberdade condicional.

Na declaração emitida pelo Fórum em Kaduna, lê-se verdade seja dita, as Juventudes do Norte foram provocadas pelas sistemáticas e desnecessárias chamadas à desintegração pelos PIB e MASSOB. Da mesma forma, Nmandi Kanu começou a incentivar os seus seguidores no Sudeste a boicotar as eleições estaduais em Anambra em 2019.

A organização manifestou assim o desagrado pelo que consideram ter sido “falta de competência” do Governo nigeriano perante esta denúncia. Para além destas declarações, a Coligação dos Grupos de Juventude do Norte da Nigéria, realizou uma conferência de imprensa na qual proferiu o que ficou conhecido como “A Declaração de Kaduna”, exigindo aos Igbos que abandonassem a região Norte da Nigéria até 1 de outubro deste ano.

Ao aperceber-se do impacto que a declaração estava a ter, o governador do Estado de Kaduna, Nasir El-Rufai, ordenou a detenção dos líderes das juventudes, mas até agora ainda nenhum membro da organização foi detido.

Iliya kure – Correspondente na Nigéria (Kaduna)

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo