África Subsaariana

Mais de 100 mortos em confrontos na República Centro Africana

minusca-rca

Só na última semana, os confrontos na República Centro Africana provocaram mais de 100 pessoas, na sua maioria ligadas à violência étnica e religiosa.

A ONU afirma que o aumento das mortes representa um escalar do conflito em curso no país desde 2013 entre as milícias muçulmanas Sélékas e os cristão anti-balaka.

Os combates intensificaram-se na última segunda feira na cidade de Bria, levando a que mais de mil pessoas tenham procurado refúgio na base da ONU.

A ONU refere em comunicado que de acordo com dados não verificados mais de 100 pessoas podem ter morrido nos três dias de confrontos (entre 7 de maio e 9 de Maio) na cidade de Alindao, em confrontos entre anti-balakas e Sélékas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo