África Subsaariana | Segurança

Pelo menos 31 pescadores mortos pelo Boko Haram nas margens do Lago Chade na Nigéria

boko

Pelo menos 31 pescadores foram mortos esta semana em dois ataques do grupo extremista  Boko Haram, nas margens do Lago Chade no nordeste da Nigéria, anunciaram fontes oficiais na segunda-feira.

“O Boko Haram atacou as ilhas de Duguri e Dabar Wanzam e matou 31 pessoas”, disse Babakura Kolo, membro das milícias civis, à agência noticiosa francesa AFP, referindo que 14 foram mortos em Duguri e 17 em Dabar Wanzam.

Um dos pescadores que foi poupado, foi obrigado pelos membros do grupo jihadista a transportar os corpos dos seus colegas para Baga, disse a mesma fonte.

O exército levantou recentemente as interdições de pesca no lago, permitindo aos habitantes das aldeias, que dependem em grande parte da ajuda alimentar para subsistir, abastecerem-se sozinhos.

Apesar de o exército nigeriano ter recuperado o controlo de Baga em fevereiro de 2015, os arredores da cidade permanecem inacessíveis. Os combatentes utilizam as ilhas do Lago Chade como bases.

O Boko Haram tem intensificado os seus ataques recentemente. No início deste mês, três lenhadores foram decapitados quando recolhiam lenha, a 40 quilómetros Maiduguri, capital do Borno.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo