África Subsaariana | Segurança

Soldados da Costa do Marfim chegam a acordo para acabar com motins e regressam aos quartéis

Mutinying soldiers shake hands with Ivory Coast's National Police officer as they prepare to leave the checkpoint at the entrance to Bouake, Ivory Coast, May 16, 2017. REUTERS/Luc Gnago

Os soldados revoltosos na Costa do Marfim aceitaram na terça-feira uma proposta do governo sobre o pagamento dos bónus e regressaram aos quartéis.

O levantamento em protesto contra os atrasos nos pagamentos de bónus prometidos pelo governo para acabar com um motim anterior, em janeiro, começou na segunda maior cidade de Bouaké na Costa do Marfim na sexta-feira, antes de se espalhar rapidamente.

O porta-voz dos soldados amotinados, na sua maioria ex-rebeldes que ajudaram a levar o presidente Alassane Ouattara ao poder, disse que o acordo foi alcançado durante a noite. “Aceitamos a proposta do governo. Estamos a regressar ao quartel agora”, disse o sargento Seydou Kone, falando de Bouake.

Enquanto as tropas desbloqueavam as estradas e saíam das ruas, o ministro da Defesa, Alain-Richard Donwahi, pediu calma. Pelo menos duas pessoas foram mortas nos confrontos e outras nove feridas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo