América do Norte | América Latina | Segurança

Acusado de narcotráfico, EUA impõem sanções ao vice-presidente venezuelano

Venezuelaelaissami

Os bens do vice-presidente venezuelano, Tareck El Aissami, foram congelados nos EUA, uma medida sancionatória confirmada pelo Departamento do Tesouro norte-americano.

El Aissami, apontado como potencial sucessor de Nicolás Maduro, é acusado pelos EUA de ter desempenhado um papel ativo com redes de narcotráfico internacional. Também, um “sócio” do vice-presidente, Samark Jose Lopez Bello, é citado na mesma investigação como “testa de ferro” ou presumível responsável no apoio financeiro e logístico às atividades de Tareck El Aissami.

Os procuradores norte-americanos suspeitam que Tareck El Aissami terá ajudado no transporte de drogas provenientes da Venezuela. Segundo elementos da investigação o atual vice-presidente, quando ocupava funções como ministro do Interior, terá prestado apoio a narcotraficantes colombianos no envio de cocaína para a Europa, México e EUA através dos portos venezuelanos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo