América do Norte | Ásia | Segurança

Coreia do Norte faz novo teste com míssil

missil coreia do norte1

A Coreia do Norte realizou um novo teste de um míssil que os Estados Unidos acreditam que pode fazer parte do programa para desenvolver um míssil balístico intercontinental (ICBM), avançou a Reuters na quinta-feira.

A divulgação do teste ocorreu um dia depois de os Estados Unidos insistirem com a China para que exerça maior pressão económica e diplomática sobre a Coreia do Norte a fim de limitar os seus programas nucleares e de mísseis.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, advertiu que um “grande e importante conflito” com a Coreia do Norte é possível devido aos seus programas de armas, embora as autoridades dos EUA digam que sanções mais duras, e não a força militar, são a opção preferida.

O diretor da Agência de Inteligência de Defesa dos EUA disse ao Congresso, no mês passado, que a Coreia do Norte, se não for controlada, está inevitavelmente no caminho para a obtenção de um míssil nuclear capaz de atacar o continente americano.

Os Estados Unidos estão a cerca de 9.000 km da Coreia do Norte. Os ICBMs têm um alcance mínimo de cerca de 5.500 kms, mas alguns são projetados para percorrer distancias de 10.000 km ou mais.

Qualquer solução militar para a crise da Coreia do Norte seria “trágica em uma escala inacreditável”, disse o secretário de defesa de Trump, Jim Mattis, no mês passado.

Os Estados Unidos estão, entretanto, a aumentar as suas capacidades para se defenderem contra a ameaça da Coreia do Norte, tendo concluído em Maio o primeiro teste com sucesso para intercetar um míssil balístico intercontinental. Mas um teste realizado esta terça-feira de um míssil deste tipo desenvolvido pelos Estados Unidos e pelo Japão para defesa contra mísseis de curto alcance, acabou por falhar.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo