América do Norte | Ásia

Coreia do Norte liberta estudante norte-americano condenado a 15 anos de trabalhos forçados

otto warmbier

A Coreia do Norte libertou um estudante norte-americano, Otto Warmbier, condenado a 15 anos de trabalhos forçados após ser acusado de ter roubado um cartaz num hotel, anunciou o secretário de Estado norte-americano. “Warmbier está a caminho dos Estados Unidos, onde vai reunir-se com a família”, afirmou Rex Tillerson em comunicado. Segundo a família o jovem está em coma.

Otto Warmbier de 22 anos, estudante do estado da Virginia, foi detido em 2016 e mais tarde condenado a 15 anos de trabalhos forçados por alegadamente ter roubado um cartaz de propaganda durante uma visita à Coreia do Norte.

Segundo a sua família, Otto Warmbier entrou em coma depois do julgamento. O estudante terá contraído botulismo, um tipo de intoxicação alimentar potencialmente fatal, depois de lhe ter sido dado um comprimido para dormir.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo