América do Norte

Estado de Oregon nos EUA acrescenta terceira opção de género em cartas de condução

genero x

O estado norte-americano de Oregon, tornou-se na passada quinta-feira no primeiro estado a permitir aos seus residentes uma opção de género que não seja nem masculino nem feminino, uma decisão considerada como um grande passo em termos de direitos civis.

Segundo a Reuters, a decisão foi adotada pela Comissão dos Transportes de Oregon e permitirá que os seus residentes possam escolher a opção “X”, de “não identificado”, nas suas cartas de condução ou cartões de identificação em vez de “M”, de “masculino”, e “F”, de feminino.

Esta nova política é vista pelos seus defensores como um grande passo no reconhecimento legal e nos direitos civis de pessoas que não se reconhecem nem como de género feminino nem como masculino. Isto dirige-se a pessoas possuidoras de ambos os sexos, pessoas sem género e pessoas que não se identifiquem com o género constante do seu certificado de nascimento.

A Divisão de Veículos e Transportes Motorizados (DMV) de Oregon espera começar a oferecer esta opção de escolha já em julho.

Os direitos dos transsexuais têm se tornado num ponto de bastante interesse nos Estados Unidos depois de estados como a Carolina do Norte terem tentado restringir o uso de casas de banho públicas por parte destes.

De acordo com responsáveis da DMV, foram ouvidos vários cidadãos e questionados em relação à mudança, tendo a maior parte dos comentários sido favor.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo