América do Norte | Médio Oriente | Segurança

EUA enviam mais 4.000 soldados para o Afeganistão

US soldiers stands gaurd near the site of a car bomb in the Afghan capital Kabul on May 31, 2017.
At least 80 people were killed in a massive blast which ripped through the diplomatic quarter of the Afghan capital Kabul early May 31, the health ministry said, warning the toll would rise further. / AFP PHOTO / WAKIL KOHSAR        (Photo credit should read WAKIL KOHSAR/AFP/Getty Images)

Os EUA vão enviar cerca de 4.000 soldados para o Afeganistão, na esperança de quebrar um impasse numa guerra por onde já passaram três comandantes dos Estados Unidos, informou um membro do governo de Donald Trump na quinta-feira.

A decisão do secretário de Defesa, Jim Mattis, pode ser anunciada na próxima semana, precisou o funcionário, e vem na sequência da decisão de Trump de dar a Mattis autoridade para definir o contingente depois das afirmações do alto comandante dos EUA no Afeganistão que alegou que não tem forças suficientes para ajudar o exército do Afeganistão contra uma rebelião do Taliban “ressurgida”.

A maior parte das tropas adicionais treinará e prestará assessoria às forças afegãs, de acordo com a fonte da administração, que não estava autorizado a discutir detalhes da decisão publicamente e falou sob condição de anonimato. Um número menor de militares poderá ser empenhado em operações de contra-terrorismo contra os talibãs e o Estado Islâmico, disse o funcionário.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo