América do Norte | Médio Oriente | Segurança

Irão diz que EUA minam acordo nuclear com as novas sanções

Bahram Ghasemi

O Irão criticou, esta quinta-feira, as novas sanções dos EUA ao seu programa de mísseis, e considera que esta medida poderá minar o acordo nuclear com as potências mundiais.

“O Irão condena a má vontade do governo norte-americano no seu esforço para reduzir os resultados positivos da implementação dos compromissos JCPOA (acordo nuclear), acrescentando indivíduos à lista de sanções extraterritoriais, unilaterais e ilegais”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Bahram Ghasemi, canal.

A administração do presidente dos EUA, Donald Trump, optou por manter o acordo nuclear com o Irão na quarta-feira, renovando uma renúncia às sanções relacionadas com o nuclear, apesar das suas críticas anteriores ao acordo. No entanto, impôs novas medidas para punir funcionários da defesa iranianos e um programa chinês vinculado ao programa de mísseis balísticos de Teerão.

O Irão nega ter procurado armas nucleares e Ghasemi afirma que o programa de mísseis é parte do seu “direito absoluto e legal de construir as capacidades defensivas do país”. “A República Islâmica do Irão continuará o seu programa de mísseis com poder e autoridade com base em seus planos”, disse.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo