América do Norte | Ásia | Crise | Diplomacia

Putin ordena a expulsão de 755 diplomatas norte-americanos da Rússia

putin

O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou no domingo a retirada de 755 diplomatas norte-americanos do território russo até dia 01 de setembro. A medida surge dias depois da aprovação de novas sanções a Moscovo pelo Congresso norte-americano.

O presidente russo afirmou que a paciência para melhorar as relações com os Estados Unidos esgotou-se. “Esperamos há algum tempo que algo mude para melhor, mas pelo que parece, não será em breve”.

Além da expulsão dos diplomatas, Putin afirmou que seu país tem uma série de medidas para responder diplomaticamente aos EUA. “Decidi que é hora de mostrar aos EUA que não deixaremos suas medidas sem resposta”.

A decisão do Congresso norte-americano também é uma preocupação da Alemanha e da União Europeia (UE) porque as sanções podem interferir no trabalho de empresas do continente europeu na tubagem do gás natural da Rússia. Em comunicado, o ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Sigmar Gabriel, afirmou “Não aceitaremos de forma alguma uma aplicação extraterritorial das sanções dos EUA contra empresas europeias”.

Também o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, advertiu que a UE responderá aos EUA caso a nova lei contra a Rússia afete os seus interesses.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo