América do Norte | Ásia | Segurança

Vice-presidente dos EUA diz que “a era da paciência estratégica” com a Coreia do Norte acabou

mike pence

O vice-presidente dos Estados Unidos declarou hoje que a “era da paciência estratégica acabou” em relação à Coreia do Norte, declarações que acontecem um dia depois de um novo lançamento de míssil de Pyongyang ter falhado.

“O Presidente Trump já deixou claro que a paciência dos Estados Unidos e dos nossos aliados nesta região acabou e queremos ver uma mudança. Queremos ver a Coreia do Norte abandonar o imprudente caminho de desenvolvimento de armas nucleares”, afirmou Mike Pence esta manhã, quando visitou a zona desmilitarizada junto à fronteira entre as duas Coreias.

Em declarações aos jornalistas, Mike Pence afirmou que o Presidente norte-americano, Donald Trump tem esperança que a China use a sua “influência extraordinária” para pressionar a Coreia do Norte a abandonar as armas nucleares e qualificou o mais recente teste de míssil falhado do Norte como “uma provocação”.

Na manhã de domingo, Pyongyang realizou um teste de um míssil de médio alcance, que explodiu quatro a cinco segundos depois de ter sido lançado, segundo um responsável da Casa Branca.

Pence vai reunir-se esta segunda-feira com o presidente em exercício da Coreia do Sul, Hwang Kyo-ahn, para debater o programa nuclear de Pyongyang e o sistema de defesa antimísseis norte-americano, denominado THAAD.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo