América Latina

América Latina e Caribe devem ter crescimento médio positivo em 2017

america latina

A Comissão Económica para a América Latina e o Caribe (Cepal), divulgou esta semana o “Estudo Económico da América Latina e do Caribe 2017”, que prevê que a região terá um crescimento médio positivo neste ano, podendo chegar aos 1,1%, depois de dois anos consecutivos de retração, avança a Rádio ONU.O documento revela ainda que o Brasil deverá registar um crescimento de 0,4% em 2017.

As maiores previsões de crescimento para este ano, acima de 5%, são para Antígua e Barbuda, República Dominicana e Panamá. A Argentina, saiu de uma retração de -2,2% no ano passado para um crescimento previsto de 2% para este ano 2017. Para o México, o crescimento previsto é de 2,2%.

O avanço económico registado deve-se à moderada recuperação da economia mundial, o ligeiro aumento do volume do comércio mundial e maior nível dos preços dos produtos básicos. Em relação aos gastos, a perspetiva é de que haja uma melhoria nos investimentos e um maior dinamismo no consumo privado.

Apesar dos sinais de melhora económica, a taxa de desemprego na região deve aumentar, passando dos 8,9% de 2016 para 9,4% em 2017.

Em comparação ao ano passado, o relatório revela que houve uma retração económica mais acentuada. Sublinha, por isso, que os países devem apostar nas políticas macroeconómicas para recuperar o dinamismo da economia.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo