América Latina | Segurança

Colômbia: Farc garantem que já entregaram 30 por cento das suas armas à ONU

farccolombia
Farc

“Trinta por cento do nosso armamento já foi posto nas mãos das Nações Unidas, que terá as colocado nos seus contentores e certificaram o abandono das armas por cada um dos nossos combatentes”, garantiu Rodrigo Londoño Echeverri, aliás “Timochenko”, chefe da guerrilha marxista Forças Armadas Revolucionarias de Colômbia (Farc).

Segundo o acordo estabelecido entre Bogotá e as Farc, a guerrilha colombiana deveria ter procedido à primeira entrega do seu armamento à missão da ONU em março, mas este prazo foi prorrogado para junho. Segundo “Timochenko” a 20 de junho as Farc vão entregar 40% do armamento restante.

A missão da ONU na Colômbia confirmou que disponibilizou 44 contentores e 8 depósitos distribuídos em 26 zonas instaladas em “pontos transitórios de normalização” a fim de receberem mais de 7.000 armas das Farc. A missão disponibilizou também 450 observadores internacionais e 75 agentes civis dispostos nas Zonas e Pontos de receção das armas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo