América Latina | Crise

Pelo menos 10 mortos nas eleições para a Assembleia Constituinte na Venezuela

venezuela-protestos1

Os protestos de domingo contra a eleição da formação da Assembleia Constituinte na Venezuela, fizeram pelo menos 10 mortos, segundo os números das autoridades. Já a oposição do presidente venezuelano, Nicolas Maduro, divulgou publicamente o nome de 14 pessoas que alegadamente terão morrido nos confrontos.

O prazo para votar foi alargado por mais algumas horas e ainda não há resultados oficiais. A oposição diz que 90 por cento do eleitorado não foi às urnas, mas o Governo adiantou que 41,43 por cento de cidadãos participaram das eleições.

A oposição venezuelana acusa Nicolás Maduro de pretender usar a reforma para instaurar no país um regime cubano e perseguir, deter e calar as vozes dissidentes, tendo convocado para esta segunda-feira mais manifestações.

A comunidade internacional já reagiu ao processo eleitoral venezuelano. Os Estados Unidos anunciaram que a Administração Trump está a estudar novas sanções contra a Venezuela, que podem vir a ser anunciadas já esta segunda-feira. Espanha, Argentina, Brasil, Colômbia e México, declaram que não vão reconhecer os resultados desta votação.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo