América Latina

Socialista à cabeça na corrida presidencial no Equador

LeninMoreno

O socialista Lenin Moreno, candidato do partido no poder no Equador, é o favorito na segunda volta da eleição presidencial, face ao candidato conservador, o antigo banqueiro Guillermo Lasso.

Apesar da data da segunda volta ainda não ter sido anunciada oficialmente, tudo aponta que será a 2 de abril, quando 12,8 milhões de equatorianos terão, obrigatoriamente, de apresentarem-se nas urnas para escolherem o sucessor de Rafael Correa, o vice-presidente e 137 deputados.

Os equatorianos têm de decidir sobre a continuação do “Socialismo do XXI século” de Rafael Correa, que se inspirou no modelo de Hugo Chavez na Venezuela, ou numa viragem à direita em moldes semelhantes da Argentina ou Peru.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo