Ásia

Filipinas: Rodrigo Duterte diz que vai “comer vivos” os assassinos dos reféns vietnamitas

duterterodrigo

O presidente filipino ameaçou de “comer vivos” os membros do grupo islamistas Abou Sayyaf responsáveis do rapto e decapitação de dois marinheiros vietnamitas.

Esta quarta-feira militares filipinos encontraram os restos mortais dos dois reféns vietnamitas na ilha de Basilan, um dos bastiões da organização terrorista Abu Sayyaf, grupo especializado nos raptos.

“Comerei o vosso fígado se vocês me pedirem. Deem-me sal e vinagre e eu o comerei à vossa frente”, disse Rodrigo Duterte durante um discurso. “Eu como tudo. Não sou esquisito. Eu até como aquilo que não pode ser engolido”, acrescentou o presidente.

Segundo as forças de segurança e o exército filipino, a organização terrorista Abou Sayyaf ainda tem em sua posse 22 reféns.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo