Ásia | Segurança

Presidente Filipino promete continuar a matar narcotraficantes

rodrigo duterte

Rodrigo Duterte, presidente das Filipinas, apelidou de “loucos” os eurodeputados que criticaram a política sangrenta de combate ao narcotráfico imposta no país e que já conduziram à morte de mais de cinco mil pessoas.

O Parlamento Europeu emitiu uma resolução na semana passada a condenar “o elevado número de execuções extrajudiciais”, no âmbito da ‘guerra’ à droga declarada por Duterte.

“Não percebo estes loucos. O que é que vocês estão a tentar impor-nos? Porque é que não se importam com as vossas próprias coisas?”, questionou o Presidente das Filipinas, avançando ainda que “Mais pessoas vão morrer. Eu disse que não vou parar. Vou continuar até que o último barão da droga nas Filipinas seja morto”, afirmou o Presidente filipino.

No âmbito da sua política de combate ao narcotráfico, Duterte manifestou já a intenção de restaurar a pena de morte nas Filipinas.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo