Ásia | Médio Oriente

Rússia levanta parte das sanções impostas à Turquia

vladimirPutinRussiaSiria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou um decreto para levantar parte das sanções impostas à Turquia, avançou o serviço de imprensa do Kremlin em comunicado esta quarta-feira.

Como parte do decreto, a lista de categorias de cidadãos turcos com direito a viagens sem visto para a Rússia foi alargada. “Cidadãos da República Turca que são membros das tripulações de aeronaves da República da Turquia, bem como cidadãos da República Turca que possuem passaportes de serviço válidos e são enviados para a Rússia para viagens de negócios de curta duração, inclusive para missões diplomáticas turcas e escritórios consulares na Rússia”, disse o Kremlin no comunicado.

Os familiares dos titulares de passaportes do serviço também recebem viagens sem visto “sobre o princípio da reciprocidade de medidas similares adotadas em relação aos cidadãos russos”.

Além disso, Putin encarregou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia de enviar uma notificação à Turquia sobre a retomada parcial do acordo sobre as condições das visitas mútuas dos cidadãos.

Putin também levantou restrições de contratação para cidadãos turcos.

A Rússia proibiu o fornecimento de alguns produtos da Turquia a partir de 1 de janeiro de 2016 como resposta ao ataque da Força Aérea Turca a um Su-24 russo, na Síria. Mais tarde algumas restrições foram levantadas.

No início de maio, após as conversações com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, Putin disse que havia um acordo sobre uma “decisão complexa de levantar medidas restritivas no comércio mútuo”.

A Rússia e a Turquia, em 22 de maio, assinaram em Istambul uma declaração conjunta para levantar reciprocamente as restrições comerciais .

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo