Ásia | Crise

Seis pessoas morrem em confrontos entre a polícia indiana e manifestantes em Caxemira

protestos-caxemira

Seis pessoas morreram em confrontos entre a polícia indiana e os manifestantes que invadiram as mesas eleitorais durante as eleições parlamentares em Caxemira.

A polícia do estado e a polícia paramilitar dispararam sobre os milhares de manifestantes que gritavam slogans no distrito de Budgam, perto da cidade de Srinagar. Shantmanu, presidente eleitoral do estado, disse que mais de 100 funcionários do governo foram feridos durante o incidente.

A votação teve de ser interrompida em mais de uma dúzia de lugares, devido a um apelo ao boicote à eleição dos principais líderes separatistas de Caxemira, que se opunham ao governo indiano.

Apenas 6,5% dos eleitores compareceram para votar, disse Shantmanu, sendo esta a menor participação alguma vez registada em qualquer eleição no território disputado.

As autoridades suspenderam os serviços de internet em todo o vale de Caxemira na véspera da eleição devido ao receio de protestos generalizados. Centenas de jovens e ativistas separatistas foram detidos.

Caxemira foi dividida entre a Índia e o Paquistão desde o fim do domínio britânico em 1947. Ambos os países reivindicam o território disputado na sua totalidade.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo