Economia | Europa | Mundo

Dois suspeitos detidos na Holanda na investigação a ovos contaminados

ovos

Dois suspeitos foram detidos esta quinta-feira na Holanda no âmbito da investigação à contaminação com inseticida fipronil de milhares de ovos, vendidos em pelo menos oito países.

De acordo com as autoridades holandesas os dois detidos são diretores de uma empresa que alegadamente utilizou fipronil em explorações avícolas. Segundo a imprensa holandesa, trata-se da empresa Chickfriend.

Recorde-se que, na semana passada, o organismo holandês responsável pela segurança alimentar e sanitária (NVWA) lançou um alerta alimentar devido à suspeita de contaminação de ovos com Fipronil, um pesticida utilizada para eliminar insetos e ácaros.

Os ovos contaminados terão sido importados para a Alemanha, França, Luxemburgo, Reino Unido, Suécia, Suíça. A Direção-Geral da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural (DGAV), assegura que os ovos em causa não estão à venda em Portugal.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo