Europa | Segurança

Anarquistas gregos suspeitos de autoria do atentado no FMI

fmifoto

O grupo anarquista Conspiração das Células de Fogo é suspeito da autoria do envio do correio armadilhado que ontem, quinta-feira, explodiu na sede do FMI em Paris, provocando um ferido, indicou fonte policial grega.

Segundo a AFP, foram encontrados fragmentos de selos gregos dentro do correio armadilhado. Trata-se do mesmo grupo anarquista radical grego que também enviou quinta-feira de manhã um pacote com explosivos para o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, mas que foi intercetado a tempo.

O pacote foi enviado a partir da Grécia continha, segundo a imprensa alemã, “um dispositivo explosivo funcional”. O dispositivo foi desativado pelas autoridades e não chegou às mãos do ministro alemão.

As autoridades gregas afirmaram que os dois países estão a trabalhar em conjunto no caso e tentar descobrir como saiu da Grécia um pacote com material explosivo.

O grupo Conspiração das Células de Fogo reivindicou o envio do pacote armadilhado para o ministério das Finanças alemão.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo