Europa | Segurança

Estado Islâmico reivindica ataque nos Campos Elísios em Paris

policia-franca

A organização terrorista Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque de quinta-feira à noite, nos Campos Elísios, em Paris, em que morreu um agente da polícia de 37 anos e dois ficaram gravemente feridos.

Segundo a organização jihadista o atentado foi cometido por um belga. A informação foi publicada no site de propaganda do Estado Islâmico, o Amaq.

“O autor do ataque nos Campos Elísios, no centro de Paris, é Abu Yousif, ‘o Belga’, e é um dos combatentes do Estado Islâmico”, relatou a Amaq. Uma informação que ainda está a ser confirmada depois de ter sido divulgado que o autor do ataque seria Karim, um nacional francês de 39 anos, natural de Livry-Gargan e residente em Chelles, na região parisiense.

A porta-voz da polícia, Johanna Primevert, disse que o atirador parecia estar sozinho quando disparou contra um veículo da polícia, com uma Kalashnikov (AK-47).

O autor dos disparos, considerado como um extremistas, estava já identificado pelos serviços de informações franceses.

A três dias das eleições presidenciais, sob fortes medidas de segurança, os três candidatos, a dirigente de extrema-direita Marine Le Pen, o conservador François Fillon e o centrista Emmanuel Macron, cancelaram as suas ações previstas para esta sexta-feira, último dia da campanha.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo