Europa | Segurança

ETA conclui desarmamento nas próximas semanas

eta

O grupo separatista basco ETA anunciou esta sexta-feira que vai desarmar completamente até 08 de abril, de forma unilateral e sem condições, transmitindo os locais onde estão escondidas todas as armas que ainda tem junto à fronteira entre Espanha e França.

“A ETA confiou-nos a responsabilidade do desarmamento do seu arsenal e, na tarde de 8 de abril, a ETA estará totalmente desarmada”, disse ao jornal francês Le Monde Jean-Noël Etcheverry, líder do movimento Bizi!, um dos cinco detidos a 16 de dezembro pelas autoridades espanholas quando tentavam desfazer-se de várias armas da ETA.

Uma fonte da luta antiterrorista espanhola citada pela agência Efe já tinha revelado esta manhã que a ETA iria entregar, através dos meios de comunicação internacionais, uma lista dos locais secretos onde se encontravam as últimas armas, para acelerar o desarmamento do grupo.

A ETA anunciou que iria cessar definitivamente a sua atividade armada em outubro de 2011. A organização tentou negociar com os governos de Espanha e França o seu desarmamento, sem sucesso, o que levou a que o grupo, desde o ano passado, passasse a envolver intermediários civis na operação.

A maior parte dos observadores está convencida de que o arsenal atual já é muito reduzido, tendo este desarmamento um caráter simbólico.

Durante as quatro décadas de violência na luta pela independência do País Basco, região que compreende uma parte do norte de Espanha e outra do sudoeste de França, os ataques da organização levaram à morte de 829 pessoas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo