Economia | Europa

Grécia aprova novos cortes para garantir o alívio da dívida

tsipras2

O parlamento da Grécia aprovou nesta quinta-feira uma nova rodada de cortes de austeridade, na esperança de obter uma promessa de alívio da dívida e aprovação do pagamento de empréstimos pelos credores neste mês.

Tsipras aceitou contrariado, uma nova ronda de cortes de pensões e reduções de impostos – aplicável em 2019 e 2020 – para desbloquear o pagamento em dinheiro antes da retoma do pagamento da dívida em julho.

Esta proposta de Alexis Tsipras, primeiro ministro da Grécia, implica um corte de cerca de 4.9 mil milhões de euros entre 2018 e 2021.

Na passada quarta-feira, cerca de 18.000 pessoas demonstraram em Atenas e Thessaloniki o seu desagrado em relação à proposta. Nesta quinta-feira ocorreu outro protesto em Atenas durante a votação do parlamento.

Atenas espera que o pagamento do empréstimo seja aprovado numa reunião dos ministros das finanças da zona do euro em 22 de maio.Espera também uma promessa clara da zona do euro no final deste mês sobre medidas para facilitar o reembolso de sua enorme dívida pública, que representou 179% da produção anual no final do ano passado.

Atenas também espera ver permitido o acesso ao programa de compra de ativos do Banco Central Europeu, conhecido como flexibilização quantitativa, para ajudar o seu retorno aos mercados de títulos.

O governador do Bando da Grécia, Yannis Stournaras, acredita que o Banco Central Europeu estará disponível para discutir a questão desde que os ministros das finanças tomem alguma decisão “vinculativa” sobre a divida do país grego. “A Grécia precisa de regressar aos mercados no final do seu programa em 2018”, sustentou o governante.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo