Crise | Europa | Magrebe

Guarda costeira italiana resgata quase mil migrantes da Líbia

migrantes4

Cerca de 970 migrantes foram resgatados da costa da Líbia na passada quinta-feira, referiu a guarda costeira de Itália.

Antes do resgate de quinta-feira, mais de 13.400 pessoas chegaram ao longo da costa italiana neste ano, o que representa um aumento de 50 a 70 por cento em comparação com os anos de 2015 e 2016.

De acordo com as Nações Unidas mais de 440 pessoas morreram provenientes da Líbia, nos meses de Janeiro e Fevereiro na tentativa de viajar, devido às condições do mar nestes meses de Inverno.

A guarda costeira italiana diz coordenar as operações de salvamento com um navio norueguês sob o comando da agência “Frontex” da União Europeia, dois navios humanitários tripulados pelo grupo de ajuda da “SOS Mediterranee”, Médicos sem Fronteiras e o grupo “Spanish Proactiva Open Arms”.

A guarda costeira recebeu também um sinal de socorro de um veleiro proveniente da Grécia que transportava 85 migrantes e que se dirigia para a costa sul de Itália, mas o barco não conseguiu sair de águas gregas, tendo sido salvo por um navio de Malta que se encontrava na zona e os migrantes foram levados para o porto de Kalamata.

Vários países europeus estão a ponderar medidas para impedir a chegada de migrantes, o que tem preocupado os grupos de ajuda humanitária que temem que as pessoas presas na Líbia sofram de maus tratos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo